Vereadores anunciam aumento de máquinas para recadastramento biométrico em Simões Filho

Ao demonstrarem preocupação com a grande demanda de pessoas de Simões Filho que ainda não fez o recadastramento biométrico eleitoral que vem sendo feito no município, os vereadores destacaram na segunda sessão extraordinária na quarta-feira (22) o aumento de mais 14 kits de biometria disponibilizados para os serviços de recadastramento das digitais.

De acordo com os edis, o número de atendimento será ampliado, assim como o horário e dias de atendimento. As pessoas que trabalham durante a semana terão a opção de fazer sua biometria também aos sábados. Durante a semana, o atendimento ininterrupto continua das 8h às 16h.

A intensificação do recadastramento biométrico dos eleitores no município com a ampliação de postos e de kits sugerida pelo vereador Denilson das Neves ‘Deni da Metalúrgica’ (PSD) deve aumentar a capacidade de atendimento para milhares de pessoas por dia que enfrentam a espera e a demora em longas filas que chegam a dar voltas nos quarteirões, locais amontoados e desorganização. “Que bom que está acontecendo. O povo está solicitando. Se terminar em fevereiro, o número não atende. Se for aumentado o número de máquinas para atender a demanda, isso é muito bom”, observou Deni.

Força-tarefa

O vereador Genivaldo Lima (DEM) informou que houve uma reunião entre o prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira e o Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia (TRE-BA) para solicitar a ampliação do número de kits para a realização da biometria. Desde o início, o município recebeu apenas 7 kits, o que só permitia cadastrar um número reduzido de pessoas por dia. Segundo o edil, o município vai receber mais 14 máquinas para atender a demanda local. “Dr. Francisco com o prefeito Dinha solicitou ao TRE que encaminhasse mais 14 máquinas que serão instalados para atender a população. Isso deve amenizar a situação que se encontra hoje”, acredita Genivaldo.

Na mesma linha de Genivaldo, o vereador Adailton Caçambeiro (PRP) informou que a medida tomada pelo TRE prevê não só o acréscimo de máquinas, mas também o atendimento estendido aos sábados devido à dificuldade das pessoas ao longo da semana. “Se cada vereador ajudar a ceder um funcionário para colaborar nesse processo, isso vai ajudar a população”, conclama.

O presidente da Câmara, Orlando de Amadeu (PSDB), anunciou medidas a fim de dar celeridade ao processo e garantir o recolhimento e renovação das digitais e fotos dos eleitores até 22 de fevereiro, prazo final do recadastramento biométrico obrigatório na Região Metropolitana de Salvador (RMS). “A gestão do prefeito Dinha tem se empenhado bastante. A prefeitura e a Câmara cederam alguns servidores para trabalhar”, informou Orlando.

Durante a sessão, Amadeu pediu a colaboração dos vereadores para que as ações da biometria sejam agilizadas desde já, de maneira que o processo de recadastramento transcorra de forma tranqüila e eficiente. Os edis colocaram-se à disposição para darem o apoio necessário ao TRE. “Peço a contribuição dos vereadores em disponibilizarem servidores para darem esse apoio”, reiterou o presidente da Câmara.

Para fazer o recadastramento biométrico, é necessário apresentar original de documento de identificação pessoal com foto e comprovante de residência atualizado (Água, Luz ou Telefone), CPF e o Título de Eleitor.

Em Simões Filho, os milhares de eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico podem ter o título cancelado, caso não realizem o procedimento até o prazo estabelecido. O cancelamento do título tem outras implicações, como não poder se inscrever em concursos públicos ou prova para cargo ou função pública.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Simões Filho (Ascom CMSF)

FONTE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui