*Plenário da Câmara aprova Projeto que institui o Dia Municipal do Capelão e três Indicações na 15ª Sessão Ordinária*

Os vereadores estiveram reunidos na 15ª Sessão Ordinária desta terça-feira (11), no Plenário da Câmara onde votaram e aprovaram um Projeto de Lei do Legislativo, além de três indicações, de iniciativa dos edis.

Considerando a relevância deste serviço na sociedade, a Câmara aprovou nesta terça, o Projeto de Lei nº 007/2019, de autoria do vereador Arnoldo Simões (PRB), que instituí o Dia Municipal do Capelão, no município de Simões Filho, a ser lembrada anualmente na cidade, no dia 7 de julho, em alusão ao trabalho realizado pelos Capelães.

“Nossa proposta é instituir um dia para uma justa e merecida homenagem às pessoas dotadas de habilidades, dons e talentos, capacitadas e sensíveis às necessidades humanas, dispondo-se a dar ouvidos, confortar e ajudar os semelhantes em escolas, hospitais, presídios e comunidades onde há pessoas desoladas da convivência social em locais de grande concentração popular com serviços de capelania para prover assistência religiosa e espiritual em atos de cultos, cerimônias, solenidades e reuniões”, expôs o vereador Arnoldo durante discussão do projeto na tribuna, que foi prestigiada pelo superintendente da Ordem dos Capelães do Brasil (OCB), pastor Alex Sousa, o coordenador-geral, pastor Denivaldo Silva, e o capelão Sérgio Ferreira, presentes nas galerias do plenário. Os pastores Alex e Denivaldo irão representar Simões Filho no Congresso Nacional, em Brasília, pela passagem do Dia Nacional do Capelão, lembrado anualmente no dia 14 de junho.

O autor do projeto destaca que o Capelão não é só para o evangélico, mas para todos aqueles que querem levar a palavra do Senhor Jesus. “Tenho certeza que esse trabalho vai se expandir nas comunidades para ajudar aos necessitados”, completou o republicano.

Alguns Projetos de Lei em pauta foram lidos e encaminhados para a análise das Comissões Permanentes de Justiça e Finanças da casa, entre eles, o Projeto de Lei nº 011/2019, de iniciativa do Executivo, que abre ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social do Município, crédito adicional especial no valor global de R$ 3.000,00 (Três mil reais), para os fins que especifica e dá outras providências, o Projeto de Lei n º009/2019, de autoria do vereador Cleiton Bolly Bolly (SD), que cria o Programa Domingos de Lazer e dá outras providências, e o Projeto de Lei nº 012/2019, de autoria do Executivo, que dispõe sobre a regulamentação da cobrança de honorários advocatícios nos processos administrativos e judiciais em que o município de Simões Filho seja parte, em conformidade com a Lei Federal nº 13.105, de 16 de março de 2015.

O Projeto de Lei nº 010/2019, também de iniciativa do Executivo, que altera o artigo 2º e o § 4 do art. 8º, e acrescenta o § 5º da Lei nº 1106/2018, referente ao Programa Jovem Vereador, conforme artigo 192, do Regimento Interno da Câmara, foi retirado de pauta para ser submetido a uma nova análise e discussão pelos vereadores.

Já o Projeto de Lei nº 008/2019, de autoria do vereador Manoel Almeida, popular ‘Neco’ (PSD), que denomina “Ediléia de Jesus Santos”, o Posto de Saúde localizado na Rua Santa Rita, s/n, no bairro do Eucalipto, foi também retirado de pauta em razão do vereador Eri Costa (DEM) pedir vistas do projeto por solicitação verbal aprovada por todos os edis.

A Sessão seguiu com a leitura, discussão e votação das Indicações, de autoria dos vereadores Alfredo Assis (PP), Canjirana (PSL) e Adailton Caçambeiro (PRP) aprovadas por unanimidade.

A Indicação nº 087/2019, de iniciativa do vereador Alfredo Assis (PP), aprovada por unanimidade, solicita à Mesa Diretora a reiteração da Indicação de nº 171/2017, que requer ao Executivo, a elaboração do Plano Diretor de Arborização Urbana.

“Esta é uma ferramenta para direcionar a gestão municipal no andamento do Plano de Arborização Urbana. Faço apelo à secretaria de Meio Ambiente para atuar na melhoria das condições climáticas, a partir da execução deste plano na cidade”, destacou Alfredo que exibiu um vídeo que fundamenta a discussão do projeto.

Aprovada por unanimidade, a indicação n° 112/2019, de iniciativa do vereador Adailton Caçambeiro (PRP), solicita ao Executivo a construção de uma praça ecológica, atrás do Atacadão, com uma escadaria que liga o Centro ao Major Tapioca, no KM 25.

“Peço ao Executivo a construção de uma praça onde as pessoas se sintam bem e seguras para o bem da comunidade”, ressaltou Caçambeiro.

A indicação nº 100/2019, de iniciativa do vereador Canjirana (PSL), também aprovada por unanimidade, solicita ao Executivo a elaboração do Plano de Saneamento Básico do Município.

O autor da proposição destacou a importância do Plano, com base no projeto recentemente aprovado pelo Senado que atualiza o Marco Relatório do Saneamento Básico.

“Os municípios tem seis meses para elaborar um Plano de Saneamento Básico, pois o saneamento básico é fundamental para a preservação ambiental. Quando vemos um esgoto a céu aberto, vemos que o plano é importante”, observou Canjirana.

*Palavra Franqueada*

No uso da tribuna, o vereador Everton Paim (PSD) mencionou as intervenções do Executivo na pavimentações no bairros de Góes Calmon e também no Santo Antônio Rio das Pedras.

O vereador Elimário Lima (PSDB) discutiu a indagação feita pelo vereador Vel Silva (PRP) referente à reforma do Mercado Municipal de Simões Filho diante da discussão da indicação apresentada pelo vereador Luciano Almeida (MDB) sobre a mesma proposta, ao lembrar que a casa já aprovou um projeto semelhante do Executivo que prevê investimentos na reforma do mercado. Além disso, o edil parabenizou os jovens esportistas do município das modalidades de Jiu Jitsu e do atletismo e destacou a responsabilidade ao meio ambiente para a saúde de todos, em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, lembrado anualmente no dia 5 de junho.

O vereador Cleiton Bolly Bolly (SD) enalteceu o presidente da Câmara, Orlando de Amadeu, e os vereadores pela condução dos trabalhos da casa. O edil destacou também as intervenções da empresa Jotagê na cidade, principalmente, nos condomínios do Minha Casa, Minha Vida (MCMV), no bairro Simões Filho I, ao mencionar as inúmeras cobranças feitas pelo vereador Vel. Além disso, destacou também a recente aquisição de veículos novos, a exemplo de ônibus escolar e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para atender a comunidade e a conclusão do viaduto da BR-324. “Quem ganha com isso é o povo de Simões Filho”, concluiu Bolly.

Na mesma tribuna, o vereador Jailson ‘Jajai’ (PP) saudou os 19 Jovens Vereadores eleitos pelo Programa Jovem Vereador que acompanharam a Sessão das galerias do plenário. Jajai chamou atenção dos edis para cumprir o acordo estabelecido em reunião que disciplina a condução dos trabalhos das sessões ordinárias em plenário e pontuou ao líder de oposição, vereador Sandro Moreira (PSL), que a audiência pública sobre a empresa Naturalle deveria ter sido solicitada antes da instalação do empreendimento no município.

O líder do governo, Manoel Almeida, popular ‘Neco’, cobrou intervenções do governo do Estado no município, a exemplo da reforma do Mercado Municipal e da implantação da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Durante a Sessão, o vereador Eri Costa sugeriu um minuto de silencio em razão do falecimento de Ivan Carvalho Araújo, de 53 anos, primo do presidente da Câmara, Orlando de Amadeu, que lamentou a perda do seu ente. Ivan trabalhava como mototaxista na Praça da Bíblia, no Centro da cidade. Ele passou mal na noite de sábado (8), mas infelizmente veio à óbito no domingo (8), o que deixou amigos e familiares consternados.

A próxima Sessão Ordinária será realizada na próxima terça-feira (18), no Plenário da Câmara, às 9h, aberta ao público, com transmissão ao vivo na página oficial no Facebook e pela Rádio Simões Filho FM 87,9.

*Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Simões Filho (Ascom CMSF)*

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui