Câmara de Simões Filho recebe Workshop que marca implantação do projeto de Planificação de Saúde na Bahia

 

O plenário da Câmara de Vereadores foi palco da solenidade de abertura do Workshop de Planificação da Saúde que acontece entre os dias 15 (segunda-feira) e 16 de julho (terça-feira), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), onde marca o início da implantação do projeto de Planificação de Saúde na Bahia pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (CONASS), com o Ministério da Saúde e com a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein.

Entre as autoridades presentes durante a abertura do encontro, estavam os prefeitos Diógenes Tolentino Oliveira (Simões Filho), o vice-prefeito, Sid Serra, Antônio Elinaldo Araújo (Camaçari), Antônio Eduardo Lins de Castro (Conde), os secretários municipais de Saúde, Poliana Venas e Dr. Elias Natan, o presidente da Câmara, vereador Orlando de Amadeu, os vereadores Del (SD), Deni da Metalúrgica (PSD), Elimário Lima (PSDB), Everton Paim (PSD), Jailson ‘Jajai’ (PP), o líder do governo, Manoel Almeida ‘Neco’ (PSD), Manoel Carteiro e Vel Silva (PRP),  a coordenadora de Atenção Integral à Saúde, Lilia Sandes, a representante do Planifica SUS, Gilceia Forsa, que integra a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, o Diretor Estadual de Atenção Básica da Sesab, Dr. José Cristiano Soster, diretor, que representou o secretário estadual de Saúde, Fábio Villas-Boas e o superintendente de Atenção Integral à Saúde, Dr. Jassicom.

Gestores e representantes da área da Saúde participaram a partir desta segunda (15), no plenário da Câmara, de abertura preparatória para implantação da Planificação da Atenção à Saúde nos municípios contemplados com o projeto. Durante os dois dias de encontro, os profissionais aprendem sobre a metodologia que organiza o fluxo dos serviços na Atenção Básica à Saúde para melhorar o acesso do usuário na rede.

Simões Filho é um dos principais municípios beneficiados com o projeto que envolve demais cidades da RMS consorciadas da Saúde, entre elas, Conde, Dias D’ávila, Lauro de Freitas e Mata de São João que, na oportunidade, firmaram o Termo de Compromisso para a efetivação do Plano de Ação e consolidação da Planificação que trata da organização da Atenção Básica em rede com a atenção ambulatorial especializada e tem como objetivo apoiar o corpo técnico gerencial das secretarias estaduais e municipais de saúde na organização dos macroprocessos desenvolvidos nestes pontos de atenção, na lógica das Redes de Atenção à Saúde.

Ao discursar durante a abertura do Workshop, o prefeito Dinha acredita que a planificação é uma metodologia de gestão de suma importância para estruturar a Rede de Atenção Básica à Saúde em Simões Filho e nos demais municípios da RMS, o que, segundo o gestor, demonstra que os gestores estão no caminho certo.

“O objetivo comum é trazer um melhor serviço de saúde para o nosso município e organizar a Atenção Básica, discutir qual é a melhor metodologia a ser aplicada, tudo isso com o objetivo de aprimorar e aperfeiçoar, não só com investimento, mas, principalmente, com planejamento para que possamos ter uma saúde cada vez melhor”, disse o prefeito, que aposta na saúde preventiva para diminuir o fluxo de atendimento de pacientes com doenças crônicas nos hospitais públicos.

“A saúde preventiva é a saúde melhor, não só do ponto de vista da satisfação do munícipe, do cidadão e da cidadã, mas também a questão econômica, porque se tivermos uma saúde preventiva, com a Atenção Básica extremamente importante, nós vamos ter uma redução nos gastos na saúde, e é isso que estamos querendo fazer, não só do ponto de vista do município de Simões Filho, mas em Camaçari e em toda a Região Metropolitana, fortalecendo a saúde preventiva para que a Atenção Básica funcione e venha desafogar o atendimento no hospital público e, com isso, diminuir os pacientes crônicos que elevam e muito o custo de gastos com a saúde. Por exemplo, nós estamos gastando em nosso município em torno de quase 24% do orçamento com a saúde. É um gasto extremamente alto, mas nós estamos fazendo, porque sabemos a necessidade da urgência que tem o serviço de saúde em nosso município. Não é exclusividade de Simões Filho, em Camaçari é da mesma forma, em Conde, da mesma forma. Se a gente se unir e dar as mãos, nós vamos discutir os problemas, ver a solução e aplicar da melhor forma possível para que a gente tenha uma saúde cada vez melhor”, argumentou Dinha.

Na visão da secretária de Saúde de Simões Filho, Poliana Venas, a planificação visa identificar os problemas de saúde nos municípios e reorganizar o atendimento ao usuário do sistema desde a unidade básica de saúde, observando como o cidadão é acolhido, quais são os problemas que precisam ser resolvidos dentro da atenção básica, quais devem ser encaminhados para a atenção primária e especializada e como se dá o fluxo do paciente da atenção básica para a atenção especializada, além da organização dos processos de trabalho dentro das unidades básicas de saúde.

“Eu entendo que a proposta da Planificação vem como uma proposta de reorganização da Atenção Básica junto à Atenção Especializada e todos os municípios que estão fazendo parte dessa Planificação só tem a ganhar, não só os gestores, mas sim, os trabalhadores, e o que é importante, o munícipe, o paciente”, ressaltou Poliana.

Segundo o Diretor Estadual de Atenção Básica da Sesab, Dr. José Cristiano Soster, o projeto visa difundir a metodologia para as cidades da RMS, de forma que os gestores e profissionais sejam capacitados e habilitados na Planificação da Atenção Básica à Saúde para melhorar os serviços das redes.

“O trabalho que a gente está trazendo para Simões Filho e para os outros municípios daqui da região é o processo de Planificação em que a gente vai ampliar ainda mais esse impacto, estruturar melhor o acesso das pessoas nas unidades básicas de saúde e estabelecer critérios para que as pessoas sejam atendidas com maior qualidade, com mais resolutividade. Hoje, se inicia um novo momento para melhor atender a população de Simões Filho”, explicou Soster.

O projeto desenvolvido pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) foi apresentado pela Dra. Gilceia Forsa, que representa a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, escolhido pelo Ministério da Saúde para capacitar os gestores, profissionais e representantes com workshops, tutorias e cursos pelos próximos meses, além de acompanhar o andamento da planificação. O cronograma, em oito etapas, prevê que a implementação ocorra até dezembro de 2020.

“O objetivo do projeto é implantar a metodologia de Planificação da Atenção à Saúde proposta em 27 regiões das diferentes unidades federativas, fortalecendo o papel da Atenção Primária à Saúde e a Organização da Rede de Atenção à Saúde no SUS. Com isso, de mãos dadas, vamos escrever um capítulo na história da saúde do Estado da Bahia”, acredita Gilceia.

Workshop

Dando sequência a programação do encontro que iniciou a partir desta segunda (15), os gestores, profissionais e representantes da saúde participam nesta terça-feira (16), de workshops, tutorias, cursos e oficinas que visam discutir e identificar os problemas de saúde em cada município a fim de organizar o atendimento ao usuário do sistema na unidade básica de saúde como continuidade ao processo de implantação de Planificação da Atenção Básica.

Planificação

A Planificação da Atenção à Saúde (PAS) é um projeto do Conass para a organização dos processos de trabalho das unidades de saúde e para a promoção da integração das atenções Primária e Especializada à Saúde, que é a porta de entrada dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Presente em 25 regiões de saúde de 11 estados, a proposta consolida-se como a contribuição do Conass para a mudança do modelo de atenção vigente e implementação das Redes de Atenção à Saúde.

Essa proposta permitirá às equipes de saúde desenvolverem o planejamento e a organização da atenção à saúde, baseados em diretrizes clínicas, de acordo com o Modelo de Atenção às Condições Crônicas, em busca da correta operacionalização da rede. O foco de trabalho são sempre as necessidades dos usuários.

 

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Simões Filho (Ascom CMSF)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui