Madre de Deus se tornará em 2020 a primeira cidade da Bahia com todo o território com esgotamento sanitário

A partir de 2020 a cidade de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador, se tornará a primeira cidade da Bahia a ter todo o seu território com esgotamento sanitário. Ocorreu hoje (05) uma reunião na sede da Embasa, em Salvador, com a presença do prefeito da cidade, Jeferson Andrade; deputado estadual Niltinho (PP), gerente de Operações da Região Metropolitana de Salvador da Embasa, Carlos Ramirez; e secretário municipal de Infraestrutura do município, Márcio Braga.

A Embasa informa que até o momento nenhum município da Bahia tem esgotamento sanitário em 100 % do seu território.

“Mais uma vez Madre de Deus sai na frente e esta parceria será uma referência para todo o nosso estado”, afirmou Jeferson Andrade. Através do convênio, que será assinado em breve, o município 32,201 km2 e 21.093 habitantes (fonte-IBGE) terá sistema de esgotamento sanitário em 100 % do seu território. Algumas localidades, ainda não contempladas com esgotamento sanitário, como Cururupeba, Quitéria e a Ilha de Maria Guarda, serão beneficiadas.

“Em respeito aos 2.524 votos que tive para deputado estadual em Madre de Deus e a toda a população da cidade, é meu dever lutar por melhorias para a cidade junto aos órgãos e autarquias do governo estadual. Portanto, é um momento ímpar participar desta conquista para os madredeusenses”, afirmou o deputado estadual Niltinho.

No Brasil, 45% da população ainda não têm acesso a serviço adequado de esgoto. O dado consta no Atlas Esgotos: Despoluição de Bacias Hidrográficas, divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pelo Ministério das Cidades em 2017.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui