*Em tempo de Covid-19, a Instituição Manassés abriga moradores de rua*

Através de uma parceria com a Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPRE), a Instituição Manassés está abrigando pessoas em condição de rua durante a pandemia da covid-19, em Salvador.

Equipes da Sempre fazem a abordagem às pessoas em condição de rua que estão expostàs a pandemia e encaminham à Instituição Manassés, em Cajazeiras e Ipitanga. Já são 80 cidadãos acolhidos.

“Esta foi a maneira que encontramos, através desta parceria com a prefeitura de ajudar também as pessoas que vivem nas ruas. Afinal, a orientação da Organização Mundial da Saúde é clara com relação ao isolamento social. Entretanto, essas pessoas não possuem moradia e por isso estão cotidianamente expostas a pandemia da covid-19”, disse Manassés, idealizador do projeto.

Na Instituição Manassés, os moradores de rua têm cinco refeições: café da manhã, almoço, café da tarde, jantar e um lanche ates de dormir, além de produtos de higiene pessoal. Eles recebem também acompanhamento médico, psicológico e de assistência social. E são também acompanhados por instrutores de educação física e educação artística.

Um dos acolhidos pela Instituição Manassés foi José Maciel. Ele ficou desempregado, sem condições de retornar à sua cidade natal e acabou indo morar nas ruas de Salvador. Ele ficou três meses em condição de rua. “Estava numa situação difícil e encontrei na Instituição Manassés o apoio que buscava. Vivia em condição de vulnerabilidade e hoje já tenho um lugar para ficar”, disse.

*Dependentes químicos*

A Instituição Manassés também acolhe dependentes químicos para tratamento de reabilitação em todas as unidades de Salvador: Cajazeiras, Iguatemi, Praia do Flamengo e Praia de Ipitanga. E em Feira de Santana.

E realiza ações sociais voltadas a pessoas con deficiência e idosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, digite seu nome aqui